On 05:25 by Koji Sakamoto   No comments
Há alguns dias recebi um comentário em que a leitora relata que já leu por algumas vezes o meu livro.  Parabenizei-a pela prática, e comentei que cada vez que lemos, nos aproximamos  mais do sentimento e do desejo do autor. Começamos a entender o verdadeiro sentido daquilo que foi escrito.

Realmente é muito interessante, sentimos  sabor em ler um livro. O mesmo acontece quando mastigarmos por muitas e muitas vezes um alimento, aí sim começamos a perceber o seu verdadeiro sabor. Como nos transmitiu Mokiti Okada, quando mastigamos o arroz japonês (sem tempero) por muitas e muitas vezes, começamos o sentir o verdadeiro sabor do arroz.

Comecei a entender um fenômeno muito interessante que ocorre com os leitores de livros principalmente de auto-ajuda, que apesar de serem os títulos mais vendidos do mundo, não resolvem o maior problema das pessoas que é a auto-estima.
Percebo que se continuarem assim, essas edições serão inesgotáveis, pois, a reação das pessoas têm sido a mesma quando sai um novo livro. Quando o lêem acham que é o melhor dentre todas as edições, mas os seus problemas continuam.

Portanto, a leitura ocorre de maneira superficial, não aprofundando como deveria até entender o sentimento do autor. Se assim fosse o leitor seria beneficiado sendo atendidas todas as suas necessidades. Sinto que todos os autores têm o desejo de ajudar as pessoas através de suas experiências, mas muitas vezes não conseguem alcançar esse objetivo.

Uma vez ouvi que para uma pessoa assimilar com profundidade o conteúdo de um livro precisaria ler no mínimo cem vezes. Realmente é muito interessante, quando lemos um livro pela primeira vez, temos uma visão e compreensão, quando lemos pela segunda vez, temos a sensação que alguma parte do livro não havia sido lida, ou não a teríamos compreendido e assim por adiante até a última leitura. Parece que a percepção de novas informações nunca acaba.

Gostaria que fizessem uma experiência, escolhessem um livro e o lessem pelo menos cinqüenta vezes e depois avaliassem o resultado. Este será imprevisível. Assim vocês redescobrirão excelentes livros que compõem as suas bibliotecas.
Toda leitura precisa trazer algum resultado.

0 comentários:

Postar um comentário